Conferências

Sendo Unidos ao Seu Povo
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on skype
Share on email
Share on print

Descargas

Traduções

Reproduzir vídeo

Sendo Unidos ao Seu Povo

Muito boa noite amáveis amigos e irmãos presentes e radiouvintes. É para mim um privilégio muito grande estar com vocês nesta ocasião, para compartilhar com vocês uns momentos de companheirismo ao redor do Programa Divino correspondente a este tempo final.

Para esta noite nosso tema é: “SENDO UNIDOS AO SEU POVO”.

Vamos ver aqui, nesta passagem, e através de toda a conferência desta ocasião, como a pessoa que serve a Deus, quando terminam seus dias aqui na Terra, é unido ao seu povo, pois vai desta dimensão terrena à outra dimensão, onde se encontra com seu povo, com seus familiares, com os crentes em Deus como ele.

Temos o caso do profeta e patriarca Abraão, no capítulo 25 de Gênesis, versículos 7 ao 11, onde nos narra a Escritura a partida ou morte física do corpo de Abraão. Diz:

“Estes, pois, são os dias dos anos da vida de Abraão, que viveu cento e setenta e cinco anos.

E Abraão expirou, morrendo em boa velhice, velho e farto de dias; e foi congregado ao seu povo;

E Isaque e Ismael, seus filhos, sepultaram-no na cova de Macpela, no campo de Efrom, filho de Zoar, heteu, que estava em frente de Manre,

O campo que Abraão comprara aos filhos de Hete. Ali está sepultado Abraão e Sara, sua mulher.

E aconteceu depois da morte de Abraão, que Deus abençoou a Isaque seu filho; e habitava Isaque junto ao poço (Deus) Beer-Laai-Rói.

Que Deus abençoe nossas almas com Sua Palavra e nos permita entendê-la. Nosso tema como disse é: “SENDO UNIDOS AO SEU POVO”.

Através da Escritura podemos ver que depois que terminam os dias do ser humano neste corpo terreno, a vida continua em outra dimensão; somente termina a vida nesta dimensão, neste corpo mortal, mas continua em outra dimensão.

Por isso é que também encontramos que quando morreu fisicamente, seu corpo físico, de Isaque, diz no capítulo 35 de Gênesis, versículo 29:

“E Isaque expirou, e morreu, e foi recolhido ao seu povo, velho e farto de dias; e Esaú e Jacó, seus filhos, o sepultaram.”

E depois quando Jacó morreu em Gênesis, capítulo 49, versículo 29, nos diz:

“Depois ordenou-lhes, e disse-lhes (isto foi Jacó a seus filhos, mandou e lhes disse): Eu me congrego ao meu povo; sepultai-me com meus pais, na cova que está no campo de Efrom, o heteu,”

Vejam como estas pessoas sabiam que ao seu corpo físico morrer, eles iam ser reunidos com seu povo em outra dimensão, em outro mundo.

O capítulo 49, versículo 33, também nos diz o momento em que Jacó morreu; e diz:

“Acabando, pois, Jacó de dar instruções a seus filhos, encolheu os pés na cama, e expirou, e foi congregado ao seu povo.”

Agora, podemos ver aqui, que se vai, se passa a outra dimensão, quando a pessoa termina seus dias aqui na Terra.

Agora, é muito importante compreender algo que nosso amado Senhor Jesus Cristo nos ensinou em Sua Palavra, para que assim, quando terminarem os dias neste corpo terreno, vamos à dimensão dos redimidos de Deus, dos crentes em nosso amado Senhor Jesus Cristo. Jesus Cristo ensinando do que é a vida, depois que a pessoa morre fisicamente, nos diz em São Mateus, capítulo 16, versículos 19 em adiante, e também em São Mateus, capítulo 10, versículo 28. Vamos ver capítulo 10, versículo 28 primeiro. Diz:

“E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.”

Agora vejam como nos ensina Cristo que devemos temer a Deus, que é quem pode destruir no inferno a alma e o corpo do ser humano que não crê em nosso amado Senhor Jesus Cristo como seu Salvador. Mas temendo a Deus e crendo no Evangelho, e crendo em nosso Senhor Jesus Cristo como nosso Salvador, então vamos ao Paraíso se terminarem nossos dias terrenos aqui na Terra.

E esse Paraíso é outra dimensão; onde há árvores, há passarinhos, há rios e há de tudo do que há aqui na Terra, que foi criado por Deus; mas não há os problemas que nós temos aqui na Terra: problemas econômicos, problemas sociais, problemas de governo, problemas militares, problemas sociais e de todos os problemas que temos aqui na Terra, nem problemas de contaminação, nenhum desses problemas há nessa sexta dimensão, que é o Paraíso.

E também os afãs que temos aqui, também não os há lá. É um lugar onde a vida é repousada, e onde se serve a Deus e onde se vive em um corpo teofânico da sexta dimensão, que é parecido ao nosso corpo físico, mas é de outra dimensão.

Esse é o corpo teofânico que a pessoa recebe quando crê em Cristo como seu Salvador, e lava seus pecados no Sangue de Cristo, e recebe o Espírito Santo, o Espírito de Cristo: recebe um corpo teofânico da sexta dimensão; para que assim, quando morrer fisicamente, vá viver no Paraíso nesse corpo teofânico da sexta dimensão.

Se a pessoa não creu em Cristo como seu Salvador, ou não tem esse corpo teofânico da sexta dimensão, portanto, terá que ir a outro lugar, ao lugar de onde é esse espírito que tem a pessoa em seu corpo, ou seja, a quinta dimensão.

E agora, vamos ver o caso de duas pessoas que morreram em… E dos quais Jesus Cristo fala aqui (seja já uma parábola, ou seja, algo real). Vejam o que Cristo diz: capítulo 16, versículos 19 em diante, Cristo nos fala deste evento… Vamos ver, nos fala sobre a vida depois da morte. Vamos ver capítulo 16, versículos 24 ao 27, diz [São Mateus]:

“Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me;

Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á.

Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?

Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.”

Agora, podemos ver aqui que isto é muito importante para toda pessoa; porque se requer que toda pessoa se encarregue, primeiramente, em sua vida, se encarregue de garantir sua vida eterna, garantir que sua vida depois da morte será com Cristo por toda a eternidade.

Agora, podemos ver também no caso de Lázaro o mendigo, e o rico, onde Cristo mostrou que o rico morreu, e foi ao inferno; e depois morreu também Lázaro o mendigo, e foi ao Paraíso. E o rico, estando no inferno, elevou seus olhos e olhou para o Paraíso, para o Seio de Abraão, e viu Lázaro no Seio de Abraão, e viu Abraão também; e diz a Abraão: “Pai Abraão, envia Lázaro com a ponta do seu dedo molhado em água, para que a coloque sobre minha boca (ou seja, sobre minha língua), e assim eu seja aliviado.” Vamos ver, está em São Lucas, capítulo 16, esta passagem. São Lucas, capítulo 16, versículos 19 ao 31, diz:

“Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente.

Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele;

E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas.

E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão;…”

Quando morreu o mendigo, o que aconteceu? Os anjos o levaram ao Paraíso, ao Seio de Abraão.

Vejam, quando o ser humano morre, vêm buscá-lo, vêm buscar sua alma e seu espírito para levá-la a outra dimensão. E se é uma pessoa que ama a Deus e serve a Deus, que creu em Cristo como seu Salvador e lavou seus pecados no Sangue de Cristo e recebeu Seu Espírito, vêm anjos de Deus para levá-lo ao Paraíso.

Mas se não for um crente, o que acontece com essa pessoa? Vêm anjos, mas caídos (os anjos caídos do diabo), e o levam à quinta dimensão, que é o inferno; e ali permanecerá… É um cárcere, uma dimensão de onde não pode sair, ali continua vivendo.

O tipo de vida que vivem nessa dimensão, pois é diferente ao tipo de vida que se vive no Paraíso. E a pessoa permanece ali até que chega o momento em que ocorra a segunda ressurreição, a qual será depois do Reino Milenial de Cristo, para se apresentar, toda pessoa, diante do Trono Branco de Cristo, para serem julgados e ali receber a sentença.

E os que sairão mal, serão lançados no lago de fogo, onde serão destruídos em corpo, em espírito e em alma também. Estarão no lago de fogo por certa quantidade de anos (dependendo da sentença que Jesus Cristo ditar sobre eles).

Mas os filhos e filhas de Deus, que viveram nesta Terra servindo a Deus, e pertencem à Igreja de Jesus Cristo, antes de começar a grande tribulação, se morrerem, serão ressuscitados em corpos eternos, e nós os que vivemos seremos transformados. Isto é antes de começar a grande tribulação. E então teremos um corpo eterno e glorificado, igual ao corpo do nosso amado Senhor Jesus Cristo, para viver com Cristo por toda a eternidade, para ir com Ele à Ceia das Bodas do Cordeiro; e depois regressar depois de três anos e meio, que dura a Ceia das Bodas do Cordeiro, enquanto a Terra está passando pela grande tribulação, que também dura três anos e meio, onde os juízos divinos estarão caindo sobre a raça humana.

E depois retornamos à Terra para o glorioso Reino Milenial de Cristo, para ser reis e sacerdotes nesse glorioso Reino do nosso amado Salvador; onde Ele se sentará sobre o Trono de Davi como Rei, e governará, reinará sobre o povo hebreu e sobre todas as nações. E nós com Ele reinaremos como reis e sacerdotes neste planeta Terra, no glorioso Reino do nosso amado Senhor Jesus Cristo.

E depois, os que não pertencem a esse grupo de primogênitos de Deus, de escolhidos de Deus, mas que creram em Cristo como seu Salvador, e viveram uma vida agradável a Deus, e trabalharam na Obra de Deus, e ajudaram os escolhidos de Deus, mesmo que não poderão estar no glorioso Reino Milenial, ressuscitarão depois do Reino Milenial e serão julgados por Cristo.

E por quanto ajudaram os escolhidos de Deus, os primogênitos de Deus, os pequeninhos de Cristo, os irmãos pequeninos de Cristo, que são os membros da Igreja de Jesus Cristo, a promessa de Cristo: “Qualquer um que der um copo de água fria (ou fresca) a um destes meus pequeninos, não perderá sua recompensa.”

E sua recompensa é vida eterna. Portanto, essas pessoas que ajudaram os escolhidos de Deus, a esses pequeninhos, irmãos de Jesus Cristo, que são os membros da Igreja de Jesus Cristo, sairão bem, porque receberão vida eterna depois do Reino Milenial, e entrarão à vida eterna, e viverão neste planeta Terra, e virão fazer parte das nações que existirão na eternidade.

Agora, podemos ver que é muito importante estarmos conscientes da realidade de que há uma vida depois desta vida terrena.

O que não compreende estas coisas, se ocupa principalmente das coisas materiais, pois pensa que tudo para o ser humano é o que viver aqui na Terra. Mas não é assim, depois desta vida terrena há uma vida eterna para todos os que servem a Deus; e para os que não servem a Deus, há um lago de fogo, onde serão lançados e serão destruídos para sempre.

Agora, vimos através da Escritura que há vida depois desta vida terrena, a vida continua. E nós temos que garantir que a continuação da nossa vida seja no Reino de Deus, seja no Paraíso (se nosso corpo físico morrer). E depois, quando começar a ressurreição dos mortos, sejamos ressuscitados, se nosso corpo físico morreu; e se permanecermos vivos, pois que nosso corpo físico seja transformado, e obtenhamos assim o corpo eterno, incorruptível, imortal e glorificado que Cristo prometeu para todos os crentes n’Ele; e assim sejamos iguais a Jesus Cristo, e sejamos reis e sacerdotes para reinar com Cristo por toda a eternidade.

Isto é uma realidade bíblica a qual toda pessoa deve estar consciente; porque se não estiver consciente: viverá neste planeta Terra ignorando o mais importante; ignorando que veio a este planeta Terra para ter uma oportunidade de fazer contato com a vida eterna, para poder viver eternamente.

Por isso é que Jesus Cristo nos diz em Sua Palavra, no capítulo 5 de São João, versículo 24, diz:

“Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.”

Vejam o importante que é crer em nosso amado Senhor Jesus Cristo e escutar Sua Voz, escutar Sua Palavra.

Também no capítulo 6, versículo 39 ao 40, de São João, diz Jesus Cristo:

“E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia.”

Quando ressuscitará os crentes n’Ele, que morreram fisicamente? No Último dia que é o sétimo milênio.

“Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.”

Novamente diz: “E eu o ressuscitarei no Último Dia.” Pois o Último Dia é o Dia do Senhor, é o sétimo milênio, onde Cristo ressuscitará todos os que partiram mas que creram em nosso amado Senhor Jesus Cristo; e transformará os que estão vivos neste tempo e permaneçam vivos no corpo físico quando os mortos em Cristo ressuscitarem, a promessa é que seremos transformados.

Agora, vejam como também Cristo em São João, capítulo 11, versículos 23 em diante, falando Marta com Jesus sobre a morte de Lázaro…, pois Jesus veio para ressuscitar Lázaro. Agora Jesus diz a Marta:

“Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.

Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.”

Vejam, ela sabia que no Último Dia se realizaria a ressurreição, e que seu irmão Lázaro ressuscitaria no Último Dia. E ressuscitará no Último Dia, que é o sétimo milênio.

Mas Jesus Cristo quer mostrar aqui com Lázaro o que Ele fará com todos os crentes n’Ele que morreram fisicamente. E agora vai tomar Lázaro como exemplo, como tipo e figura, pelo que Ele fará com os crentes n’Ele.

Qualquer pessoa poderia dizer: “Jesus Cristo está prometendo ressuscitar os crentes n’Ele no Último Dia, e como vai fazer?” Pois vejam, aqui Ele vai mostrar em Lázaro como Ele vai ressuscitar todos os crentes n’Ele que morreram fisicamente. Ele tem o poder para ressuscitar os crentes n’Ele. Disse… Vamos ver:

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;

E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?”

Nós dizemos: “Amém.” E o que disse Marta?

“Disse-lhe ela: Sim, Senhor (ela também creu); eu creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo.”

Aqui podemos ver como Jesus Cristo promete a vida eterna para os que vivem e creem n’Ele; diz que não morrerão eternamente.

Porque se seu corpo físico morrer, será ressuscitado em um corpo eterno no Último Dia, e viverá por toda a eternidade. Mas se permanecer vivo até que os mortos em Cristo ressuscitem, e é um crente em Cristo que nasceu de novo, será transformado neste Último Dia, e terá o corpo eterno, e viverá por toda a eternidade em um corpo físico eterno e glorificado, igual ao corpo de Jesus Cristo.

Agora podemos ver que este assunto da vida depois desta vida terrena, é algo muito importante; é o mais importante para o ser humano. Não há coisa mais importante que a vida eterna.

E se o ser humano não aproveita seus dias enquanto vive aqui na Terra, lhe escapa a vida eterna; porque o ser humano não sabe em que dia morrerá. Por isso é que precisa receber Jesus Cristo como seu Salvador, e lavar seus pecados no Sangue de Cristo, e receber seu Espírito Santo o mais rápido possível; para que quando morrer seu corpo físico, vá ao Paraíso.

Ou seja: seja levado pelos anjos ao Paraíso, para viver ali no corpo teofânico; e depois, no Último Dia, no momento preciso onde se completar o Corpo Místico de Cristo com os últimos escolhidos de Deus, então os mortos em Cristo serão ressuscitados por Jesus Cristo, e nós os que vivemos seremos transformados. Os mortos em Cristo ressuscitarão em corpos eternos, e nós seremos transformados e teremos um corpo eterno também.

Agora vejam a bênção tão grande que há para os crentes em nosso amado Senhor Jesus Cristo.

E agora, se a pessoa partir ou morrer, seu corpo físico, é reunida com seu povo; não há nenhum problema, é reunida com os crentes em Cristo que já estão lá no Paraíso, pois esse é seu povo; porque somos povo de Deus, membros do Corpo Místico de Cristo, da Igreja de Jesus Cristo.

São Paulo, falando da Igreja de Jesus Cristo no capítulo 12 e versículos 22 em diante, diz [Hebreus]:

“Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos;

À universal assembleia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;

E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel.”

Agora, podemos ver que nos aproximamos do Monte de Sião, que é a Igreja de Jesus Cristo; e a Igreja de Jesus Cristo, Seus membros, que são os escolhidos de Deus, têm seus nomes escritos (onde?) no Céu, no Livro da Vida do Cordeiro, desde antes da fundação do mundo.

Esses são os primogênitos de Deus ou predestinados de Deus, os quais desde antes da fundação do mundo têm seus nomes escritos no Livro de Deus, o Livro da Vida do Cordeiro.

Estas são as ovelhas das quais Cristo nos fala no capítulo 10 de São João, versículos 14 em diante, onde nos diz:

“Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido.

Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas.

Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor.”

Aqui podemos ver que estas ovelhas que o Pai deu a Jesus são os filhos e filhas de Deus, os primogênitos de Deus escritos no Céu desde antes da fundação do mundo; os quais vêm a esta Terra, são manifestados em carne humana neste planeta Terra, para quê? Para receber vida eterna por meio de Jesus Cristo, ao qual na Terra, por meio da Sua manifestação através de cada anjo mensageiro de cada era, está chamando e juntando Seus escolhidos em cada era.

E por meio de cada mensageiro é que Ele chama e junta Seus escolhidos, coloca Sua Palavra na boca de cada mensageiro que Ele enviou de era em era, e por meio deste mensageiro chama e junta Seus escolhidos em cada era.

Para este tempo final Ele disse que enviará Seus Anjos com Grande Voz de Trombeta e juntarão Seus escolhidos: São Mateus, capítulo 24, versículo 31. E também no capítulo 16, versículo 27, Cristo disse:

“Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai (e então o que diz?), com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.”

Agora podemos ver que na Vinda do Filho do Homem, os Anjos do Filho do Homem (que são as Duas Oliveiras, os ministérios de Moisés e Elias), estarão manifestados aqui na Terra para chamar e juntar os escolhidos de Deus com a Grande Voz de Trombeta do Evangelho do Reino. Pregando o Evangelho do Reino, são chamados e juntados todos os escolhidos de Deus.

Estes ministérios dos Anjos do Filho do Homem são os ministérios de Moisés e Elias, que estarão manifestados no Anjo de Jesus Cristo, onde o Filho do Homem estará se manifestando e estará enviando esses ministérios, esses Anjos, para chamar e juntar os escolhidos de Deus. Com o que? Com a Mensagem da Grande Voz de Trombeta, do Evangelho do Reino, que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores, em Sua Obra de Reclamação.

Agora vejam a forma em que os escolhidos de Deus no Último Dia são chamados e juntados: é por meio do ministério dos Anjos do Filho do Homem, é por meio do ministério de Moisés e Elias; é por meio do ministério de Moisés e Elias com a Mensagem do Evangelho do Reino chamando e juntando todos os escolhidos de Deus neste tempo final.

É muito importante entender estas coisas para sabermos como é que Deus estaria nos falando neste tempo final, e estaria nos chamando e juntando na Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino, e preparando para sermos transformados e raptados neste tempo final; para, se permanecermos vivos e os mortos em Cristo ressuscitam em corpos eternos, em breve nós sejamos transformados e sejamos reunidos com nosso povo, que é a Igreja do Senhor Jesus Cristo que ressuscitará em corpos eternos; e vamos à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu, e ali desfrutemos dessa grande festa de três anos e meio, onde Cristo estará repartindo os galardões a todos Seus filhos que trabalharam em Sua Obra na era e dispensação que lhes correspondeu viver.

Agora, vimos como será lá na Ceia das Bodas do Cordeiro. Também vimos como é quando a pessoa morre, vimos onde vai: vai ao Paraíso, se servir a Cristo; mas se não servir a Cristo, vai ao inferno, que é a quinta dimensão, onde permanecerá ali até depois do Reino Milenial. Ou seja, quando tiver terminado o Reino Milenial, então serão ressuscitados; serão ressuscitados para serem julgados por Jesus Cristo em Seu Trono Branco.

Na parábola que Cristo nos deu, no capítulo 25, nos fala também do Juízo das Nações; o mesmo que mais adiante acontecerá no Juízo Final. Mas este Juízo das Nações também se manifesta antes de começar a grande tribulação, onde haverá nações que receberão a bênção de Deus, mas também haverá nações que receberão o juízo divino, não poderão entrar no glorioso Reino Milenial do nosso amado Senhor Jesus Cristo.

E para poder compreender estas coisas que devem estar acontecendo neste tempo final, no qual nós, pela graça de Deus, estamos vivendo; para isso, vejam vocês, Jesus nos diz no capítulo 4 de Apocalipse:

“Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer.”

Onde vamos subir? À Era da Pedra Angular. E Ele vai nos mostrar todas estas coisas que hão de acontecer depois das que já aconteceram nestes dois mil anos que transcorreram de Cristo para cá.

E agora, por meio de quem vai estar Jesus Cristo manifestado, nos revelando todas estas coisas que em breve devem acontecer? Será por meio de um profeta chamado o Anjo do Senhor Jesus Cristo. Em Apocalipse, capítulo 22, versículo 6 em diante, diz:

“E disse-me o anjo: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer.”

Quem enviou? Seu Anjo Mensageiro. Para quê? Para mostrar aos Seus servos as coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

Não pode conhecer as coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final, a não ser que seja por meio do Anjo do Senhor Jesus Cristo enviado para revelar todas estas coisas que devem acontecer à Igreja do Senhor Jesus Cristo.

Também em Apocalipse, capítulo 22, versículo 16, novamente Jesus Cristo dá testemunho de Seu Anjo e de que Ele enviou Seu Anjo Mensageiro, e diz:

“Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas Igrejas.”

Que coisas? Estas coisas que em breve devem acontecer.

Agora, vemos aqui na Escritura, em Apocalipse, que para este tempo final Deus, Jesus Cristo, enviará Seu Anjo Mensageiro para dar testemunho de todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final; e assim obter o conhecimento da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores, em Sua Obra de Reclamação; e obter conhecimento dos Anjos do Filho do Homem, que são os ministérios de Jesus Cristo, de Moisés e Elias, manifestados em Seu Anjo Mensageiro; esses são os ministérios do Filho do Homem: o ministério de Moisés e o ministério de Elias.

Aí temos esses três grandes ministérios que estão prometidos para serem manifestados neste tempo final. E isso é por meio do Seu Anjo Mensageiro, o qual Ele envia para dar testemunho de todas estas coisas que em breve devem acontecer, neste tempo final.

Ninguém poderá ver, entender, todas estas coisas que em breve devem acontecer, exceto aqueles que estarão escutando e recebendo o Anjo do Senhor Jesus Cristo e, consequentemente, obtendo a revelação da Palavra de Deus que traz para a Igreja de Jesus Cristo neste tempo final.

E assim é como também sabemos o mistério do que acontece depois que a pessoa fisicamente morre nesta Terra: ou vai à quinta dimensão, se não for um crente em Cristo vai à quinta dimensão, que é o inferno; ou se for um crente em Cristo vai à sexta dimensão, que é o Paraíso, e depois no Último Dia ressuscitará em um corpo eterno, se for um crente em Cristo nascido de novo.

Agora, vimos este mistério do que é depois da morte, e de como são reunidos com seu povo depois que estas pessoas morrem.

“SENDO UNIDOS AO SEU POVO”.

Vimos Abraão, vimos Isaque, vimos Jacó; e assim e assim por diante, vimos os Santos que partiram, os quais foram reunidos com seu povo.

Em cada era, os escolhidos de Deus ao morrerem fisicamente, em seus corpos físicos, foram reunidos com seu povo, ou seja, com os membros da Igreja de Jesus Cristo que já estão no Paraíso, porque também partiram.

E para o Último Dia regressarão à Terra, e virão estar com seu povo: os escolhidos de Deus deste Último Dia que vivemos; e nós seremos transformados.

E todos unidos uns aos outros, unidos os que vivemos com nosso povo, os que ressuscitarão em corpos eternos, depois iremos à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu, a essa grande festa celestial, na Casa e à Casa do nosso Pai celestial.

É muito importante garantir nossa vida com Cristo; esse é o único seguro que é para toda a eternidade, e seus benefícios são para toda a eternidade. E esse é o seguro que toda pessoa necessita ter para estar assegurado com vida eterna; e mesmo que seu corpo físico morrer, continuar vivendo no Paraíso, em um corpo eterno e glorificado, um corpo da sexta dimensão, um corpo teofânico.

E depois, para o Último Dia, receberá um corpo eterno físico e glorificado, se partir, se tiver morrido seu corpo físico; e se não tiver morrido, pois será transformado, e obterá assim também o corpo eterno.

Vejam a importância de ter o seguro que Cristo nos oferece. Esse é o seguro da vida eterna para sermos reunidos com nosso povo quando terminarem nossos dias terrenos aqui.

“SENDO UNIDOS AO SEU POVO”.

Foi para mim um privilégio muito grande estar com vocês nesta ocasião, dando testemunho do nosso tema: “SENDO UNIDOS AO SEU POVO”.

Agora, há algo que creio que vocês desejam saber. Quantas dimensões há? Há 7 dimensões: luz, tempo, matéria, ondas, a quinta dimensão (o inferno), a sexta dimensão (o Paraíso) e a sétima dimensão (Deus). Vê?

Primeira dimensão: luz. Segunda dimensão: tempo. Terceira dimensão: matéria. Quarta dimensão: as ondas, onde trabalha o rádio e a televisão.

É através das ondas… Você olha e não vê nada, mas se tem um rádio ou um televisor, liga, o sintoniza, e pode ver essas imagens que estão passando pela quarta dimensão, que é a dimensão das ondas; e então pode ver o que estão transmitindo desde os lugares onde têm esses equipamentos de transmissões. E assim, você pode ver nessa quarta dimensão as coisas que estão sendo transmitidas por esses canais.

Assim também é em outras dimensões. Mas vejam vocês, as pessoas algumas vezes veem nessas outras dimensões, quer seja em sonhos ou em visões, e também quando partem desta Terra, quando terminam seus dias terrenos aqui.

Agora, é muito importante estarmos preparados para irmos à sexta dimensão quando terminarem nossos dias, se é que nosso corpo físico morre; e se não morrer nosso corpo físico, pois então será transformado. E depois iremos à Casa do nosso Pai celestial.

É muito importante estarmos preparados para irmos à Casa do nosso Pai celestial; quem não estiver preparado, não pode ir à Casa do nosso Pai celestial.

Vimos as dimensões, para que as tenham também e saibam que há sete dimensões.

Bom, foi para mim um privilégio muito grande estar com vocês nesta ocasião dando testemunho do nosso tema: “SENDO UNIDOS AO SEU POVO”.

Nestes momentos passarei ao reverendo Jaime para que dê telefones e endereços, e o lugar onde vocês também podem ver conferências em vídeos iguais a esta, para obterem maior conhecimento de todas estas coisas, de todos estes mistérios destas dimensões, para assim receberem as bênçãos de Deus e estarem preparados para irem viver com Cristo pelo Milênio e por toda a eternidade. Deus tem um Programa, é preciso entrar por esse Programa para obter essas bênçãos.

Novamente vamos ter ao reverendo Jaime conosco.

Muito obrigado por vossa amável atenção, amados amigos e irmãos presentes e radiouvintes; e que Deus continue abençoando a todos.

Conosco o reverendo Jaime, para continuar.

“SENDO UNIDOS AO SEU POVO”.

[Revisão outubro 2021]

Rolar para cima