Conferências

A Juventude Eterna
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on skype
Share on email
Share on print

Descargas

Traduções

Reproduzir vídeo

A Juventude Eterna

Muito boa tarde, jovens aqui em Xalapa. É para mim um privilégio grande estar com vocês nesta ocasião, para compartilhar uns momentos de companheirismo ao redor da Palavra de Deus e Seu Programa, correspondente a este tempo final.

Nesta ocasião vamos ler em Apocalipse, capítulo 21, versículo 6 ao 7… Vamos começar um pouquinho antes, porque esta é uma passagem muito importante: capítulo 21, versículo 1 em diante, diz:

“E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.

E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.

E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.

E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.

E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.

E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.

Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.

Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.”

Tomando as palavras do versículo 6, onde diz: “Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.”

E vamos ler em São João, capítulo 7, versículos 37 em diante, onde diz:

“E no último dia, o grande dia da festa (ou seja, foi na festa dos tabernáculos), Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba.

Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.

E isto disse ele do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado.”

“A JUVENTUDE ETERNA”.

Para poder obter a juventude eterna, que envolve a vida eterna, isto envolve encontrar a fonte da juventude, que é a Fonte da Água da vida eterna, a qual é nosso amado Senhor Jesus Cristo.

E quando cremos em Cristo como nosso Salvador, e lavamos nossos pecados em Seu Sangue e recebemos Seu Espírito Santo, estamos recebendo a Água da vida eterna, pois aqui a Água que Cristo oferece em São João, capítulo 7, versículo 37 ao 39, quando diz: “Se alguém tiver sede, venha para mim e beba”… Porque também diz: “Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão por seu ventre, por seu interior”, falando do quê? Do Espírito que haviam de receber.

Esse Rio de Água de Vida, vejam vocês, é o Espírito Santo; e quando a pessoa o recebe, recebeu um Rio de Água de Vida; e vem de onde? Da Fonte da Água da Vida, do Espírito de Deus.

E agora, vejam vocês como corre em nosso interior o Espírito de Deus, esse Rio de Água de Vida; e por isso é que recebemos vida eterna; porque recebemos o Rio de Água de vida eterna; e assim, o que Ele disse: “A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.” Ou seja, nos dará do Espírito Santo, que é a Fonte da Água da Vida.

Agora, vejam vocês, em São João, capítulo 1, versículos 1 em diante, diz:

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

Ele estava no princípio com Deus.

Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.

Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.”

Onde estava a Vida? No Verbo, que estava com Deus e era Deus, e criou todas as coisas.

E agora, onde está a vida eterna? No Verbo, que é o mesmo Deus em Seu corpo teofânico. E, consequentemente, esse corpo teofânico de Deus — que é o Anjo do Pacto — é o Espírito Santo manifestado nas diferentes eras e dispensações; n’Ele estava a Vida, a vida eterna, e d’Ele veio a vida para toda a Criação.

E agora, quando nos dá vida eterna, de onde vem essa vida eterna? D’Ele, do Verbo que estava com Deus e era Deus e é Deus, e se fez carne e habitou entre os seres humanos, no meio o povo hebreu; e estando em carne humana disse: “Se alguém tiver sede, venha a mim e beba. Que crê em mim, como diz na Escritura, Rios de Água viva correrão pelo seu ventre (ou seja, pelo seu interior)”, falando do Espírito Santo que receberiam: esse Rio de Água de Vida, que é o Espírito Santo, o qual nos dá vida eterna quando tomamos desse Rio de vida eterna.

Quando tomamos desse Rio de vida eterna é quando recebemos Cristo como nosso Salvador, lavamos nossos pecados no Sangue de Cristo e recebemos Seu Espírito Santo, esse Rio de Água de Vida; e nos dá vida eterna.

Quem crê, diz Jesus Cristo no capítulo 5 de São João, versículo 24:

“Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.”

Agora vejam como tomamos da Fonte da Água da Vida gratuitamente. O homem mais rico pode tomar dela, o homem da classe média pode tomar dela, o homem mais pobre, que não tem nem um só centavo, pode tomar dela também, porque é gratuita.

Em Isaías também nos fala, no capítulo 55, versículo 1 em diante, e diz:

“Ó VÓS, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde, comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite.

Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura.

Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei uma aliança perpétua, dando-vos as firmes beneficências de Davi.

Eis que eu o dei por testemunha aos povos, como líder e governador dos povos.

Eis que chamarás a uma nação que não conheces, e uma nação que nunca te conheceu correrá para ti, por amor do Senhor teu Deus, e do Santo de Israel; porque ele te glorificou.

Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar.”

Aqui podemos ver como está o convite da parte de Deus para vir tomar das Águas da vida eterna.

E em Apocalipse, capítulo 22, versículo 16 ao 17, diz:

“Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas Igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã.

E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.”

Aqui podemos ver também, novamente, o convite e a oportunidade para toda pessoa vir e tomar da Água da vida eterna, para ter a juventude eterna, porque este Rio ou Fonte de vida eterna é a fonte da juventude.

E o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, Jesus Cristo nosso Salvador, o Espírito Santo, é a Fonte da Água da vida eterna; e quem toma da Fonte da Água da vida eterna, crendo em Cristo como nosso Salvador e lavando nossos pecados no Sangue de Cristo, e recebendo Seu Espírito Santo, tem vida eterna e tem juventude eterna, porque tomou da Fonte da juventude.

Mesmo que nosso corpo físico morra, porque é temporário, corruptível e mortal: temos vida eterna, porque tomamos da Fonte da Água da vida eterna, da Fonte da juventude, e temos um corpo teofânico ao qual vamos viver se morrer nosso corpo físico.

E para o Último Dia, para o sétimo milênio, em certo ano desse sétimo milênio, Ele ressuscitará os mortos em Cristo, e então lhes dará o corpo eterno, com juventude física eterna também. E nós os que vivemos, se permanecermos vivos até que os mortos em Cristo ressuscitem, pois nós seremos transformados, e então teremos juventude eterna física também. E seremos a imagem e semelhança do nosso amado Senhor Jesus Cristo. E isto é porque tomamos (do quê?) da Fonte da Água da vida eterna, tomamos da Fonte da juventude.

Vejam, todas as pessoas querem viver eternamente e querem viver jovenzinhos, mas vejam, não perceberam que há uma Fonte da juventude.

Houve conquistadores dos tempos da Espanha, onde estiveram conquistando pelo Novo Mundo (que chamam o continente americano, incluindo a América do Norte, América Central, América do Sul e o Caribe), e estavam procurando a Fonte da juventude; mas não a encontraram, e morreram; porque pensavam que a fonte da juventude era algum manancial ou algum rio, e isso era o que estavam buscando. E a Fonte da juventude é nosso amado Senhor Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, o Espírito Santo; e quem toma dessa Fonte é quem toma do Seu Espírito Santo e obtém o novo nascimento.

Vejam o simples que é; mais simples do que eles se imaginavam. Eles pensavam que era preciso caminhar muitíssimo para chegar a certo manancial ou rio, e encontrar esse rio ou manancial como a fonte da juventude. De quantos rios tomariam e de quantos mananciais tomariam? Pensando: “Algum deles vai ser o da juventude.” E o melhor, tomando de algum deles os nativos ou os índios [nativos] os mataram, e não encontraram a juventude eterna e a vida eterna, mas que encontraram (o quê?) a morte.

Porque a Fonte da juventude, a Fonte da vida eterna é nosso amado Senhor Jesus Cristo; e se recebe crendo em Cristo como nosso Salvador, lavando nossos pecados no Sangue de Cristo e recebendo Seu Espírito Santo. E ao recebê-lo: obtivemos a juventude eterna. Mesmo que fisicamente nosso corpo não é eterno, mas Ele nos transformará; e então teremos um corpo físico glorificado, eterno, igual ao do nosso amado Senhor Jesus Cristo.

“A JUVENTUDE ETERNA”.

Se vocês notarem em seus pais, eles passaram pela idade que vocês têm e foram jovens; mas depois, à medida que passaram os anos foram ficando mais adultos; e alguns já chegaram a uma idade mais avançada, e alguns talvez são anciãos, algum dos seus pais; porque a juventude física é temporária, dura muito poucos anos.

Por isso é que o pregador, o proverbista, diz (proverbista e também quem compõe por aí outros escritos), diz que a juventude é vaidade, porque é passageira: a pessoa a tem por certa quantidade de anos e depois se vai das mãos.

Mas quem toma da Fonte da Água da vida eterna a terá para toda a eternidade; terá juventude eterna, tanto no corpo teofânico como no corpo físico imortal, incorruptível e glorificado que Jesus Cristo nos dará no Último Dia.

Mas primeiro é preciso tomar do quê? Da Fonte da juventude, que é a Fonte da Água da vida eterna. É preciso tomar do Espírito Santo recebendo Cristo como nosso Salvador, e lavando nossos pecados no Sangue de Cristo, e recebendo Seu Espírito Santo; e assim recebendo o novo nascimento.

É um mistério a vida eterna; mas vejam como esse mistério é aberto a todos os filhos de Deus; e é tão simples que algumas pessoas, e principalmente cientistas ou pessoas muito intelectuais, dizem: “Isso não entendo… Que uma pessoa possa receber vida eterna, assim, recebendo Jesus Cristo como seu Salvador? E como pode ser isso?”

Bom, Ele disse que o faria; a nós, nos corresponde crer, recebê-lo com toda nossa alma e receber Seu Espírito Santo; e o dar a vida eterna corresponde a Ele, porque Ele é quem a tem.

E quando nos dá Seu Espírito Santo, está nos dando vida eterna, está nos dando um corpo teofânico eterno; e no Último Dia ou sétimo milênio nos dará o corpo físico eterno e glorificado, transformará nosso corpo e ressuscitará os mortos em Cristo em corpos eternos; para, também, a juventude eterna ser física também, como já a temos na sexta dimensão, nesse corpo teofânico; agora nos falta somente a juventude eterna, e juventude para toda nossa vida, nos falta a física, a qual receberemos neste tempo final.

Conforme Levítico, capítulo 25, versículo 8 ao 13, no ano do jubileu era que saíam livres os escravos e também as propriedades que tinham sido tomadas (ou por alguma dívida ou por alguma venda), ficavam livres também, e cada pessoa regressava à sua família e à sua herança.

E isso será também assim para os filhos e filhas de Deus, que vieram a este planeta Terra e foram escravizados; mas seremos libertados fisicamente também, como já fomos libertados espiritualmente: em nossa alma, em nosso espírito, fomos libertados, e já temos um corpo teofânico eterno da sexta dimensão, e agora falta somente a liberação física, ou seja, a transformação dos nossos corpos, para assim termos a adoção, que é a transformação dos nossos corpos, e que é também a liberação ou liberdade gloriosa dos filhos de Deus, onde sairemos livres para receber nossa herança, todos regressarmos à nossa herança, nossa herança, e à nossa Família celestial, porque somos do Céu.

Assim como Jesus disse: “Eu do Céu desci.” Agora, vejam vocês de onde vieram os filhos e filhas de Deus, as almas dos filhos de Deus: do Céu também; pois se nosso irmão mais velho veio de Céu, pois de onde vamos vir nós? Do Céu também.

Bom, vejam vocês por que estamos aqui na Terra, para fazer contato com o Jesus Cristo, a Vida Eterna, e receber Seu Espírito Santo; e assim receber o novo nascimento e receber esse corpo teofânico da sexta dimensão, e já estar com vida eterna, sermos restaurados à vida eterna na sexta dimensão; e depois, no Último Dia, sermos restaurados à vida eterna física, e ter um corpo igual ao do nosso amado Senhor Jesus Cristo, e ir com esse corpo eterno à Ceia das Bodas do Cordeiro.

E depois da Ceia das Bodas do Cordeiro, que durará três anos e meio, enquanto a grande tribulação estará se realizando aqui na Terra e os juízos divinos caindo sobre a Terra, nós estaremos no Céu, com Cristo, na Ceia das Bodas do Cordeiro, na Casa do nosso Pai celestial; mas depois regressaremos à Terra para o glorioso Reino Milenial.

E regressaremos no corpo glorificado e eterno, com o espírito teofânico também dentro desse corpo; e nós, que somos alma vivente, nossa alma regressar dentro desse corpo, desse corpo teofânico e dentro desse corpo glorificado. E assim estarmos restaurados à vida eterna, tanto em nosso espírito como em nosso corpo também, e reinar com Cristo como reis e sacerdotes por mil anos, e depois por toda a eternidade. E estarmos trabalhando com Ele, e herdando com Ele todas as coisas, porque somos herdeiros de Deus e coerdeiros com Cristo Jesus nosso Senhor. E estaremos assim desfrutando do glorioso Reino Milenial, e depois toda a eternidade, com juventude eterna.

Assim que não se preocupem, jovens, que mesmo que vocês passem por essa etapa de juventude, e depois a alguns os anos façam sair dessa etapa (mesmo que falta muito pouco tempo para sermos transformados; não sabemos quanto, mas falta pouco), mas vamos dizer: para os que já passaram por aí e já disseram adeus a essa etapa: não se preocupem, que volta essa etapa mas em um corpo eterno.

E para vocês também, jovens, até se a ressurreição e transformação ocorrer vocês estando jovens, não se preocupem que então passarão a um corpo jovem e eterno que nunca ficará velho; e então vocês não chegarão ao que chegaram seus pais: ao passarem pela juventude e depois dizer adeus à juventude e estarem em um corpo já mais maduro.

Agora, é muito importante saber que a etapa ou época da juventude é a mais formosa da vida, é a etapa onde a pessoa se sente livre, onde a pessoa se sente com todas suas forças e com ânimo, e se sente com todo seu potencial para usá-lo; e deve aproveitar essa etapa para aproveitá-la servindo a Deus; e limpando sempre seu caminho com a Palavra de Deus.

“Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra.” [Salmo 119:9]

Com guardar a Palavra de Deus. Guardando a Palavra de Deus, Seus mandamentos; o jovem limpará assim seu caminho; e caminhará em sua vida servindo ao nosso amado Senhor Jesus Cristo, e agradará sempre a Deus; pois o que queremos é servir a Cristo e lhe agradar em tudo, e isso tem que ser conforme à Sua Palavra. Fazendo conforme à Sua vontade é que agradamos ao nosso amado Senhor Jesus Cristo.

Foi para mim um privilégio, jovens, estar com vocês nesta ocasião, lhes dando testemunho de: “A JUVENTUDE ETERNA”.

Assim nesta etapa da sua vida, sirvam a Cristo com toda vossa alma, trabalhem em Sua Obra, levem a Mensagem por todos os lugares, dando a conhecer que há juventude eterna para os que amam e servem ao nosso amado Senhor Jesus Cristo. E para isso, pois é tomando da Fonte da juventude, que é a Fonte da Água da vida eterna, o qual é Cristo, o Anjo do Pacto, o Espírito Santo; e ao tomar d’Ele, Ele nos dá Seu Espírito Santo, e assim nos dá vida eterna.

Que as bênçãos da Fonte da Juventude, da Fonte da Água da Vida Eterna, nosso amado Senhor Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, sejam sobre todos vocês e sobre mim também; e em breve se complete o número dos escolhidos de Deus, e em breve todos sejamos transformados, e tenhamos também o corpo eterno e glorificado, igual ao do nosso amado Senhor Jesus Cristo; e sejamos todos a imagem e semelhança de Jesus Cristo; e depois vamos com Cristo à Ceia das Bodas do Cordeiro no Céu. No Nome Eterno do Senhor Jesus Cristo. Amém e amém.

Bom, vamos por aqui dar a oportunidade ao Benjie, se não cantou. Cantou? Pois então, Benjie… Por aqui, se podes passar aqui.

(Se explica aí que botão tem que apertar e o número, quando você disser). Se sabe pois… Então passa por aqui, Benjie, para assim ter algum cântico. (Aqui eu sou o ajudante de Benjie, para assim acompanhar aqui).

Nosso desejo é ser como Cristo, ser a imagem e semelhança do nosso amado Senhor Jesus Cristo, com vida eterna em nosso corpo teofânico e vida eterna no corpo físico também; isso é ser a imagem e semelhança do nosso amado Senhor Jesus Cristo. E isso é o que Ele prometeu para cada um de vocês e para mim também. E eu creio com toda minha alma, isso é uma promessa de Cristo e vai se materializar em mim. E em quem mais? Em cada um de vocês também.

E agora, nosso desejo e também o de Jesus Cristo, é ser como Ele. Vejam, é como em uma família: temos um irmão mais velho, e vê seus irmãozinhos pequeninos e diz: “Eu desejo que já sejam como eu, para eu compartilhar com ele, porque aqui não tenho uma pessoa em casa da minha idade. Eu quero que eles cheguem a ser como eu.” E os bebês, você os vê, põem a camisa do irmão mais velho, os sapatos e até as calças, porque querem (o quê?) ser também como seu irmão mais velho.

E nosso irmão mais velho, Jesus Cristo, quer que nós sejamos como Ele; e Ele também quer, e nós também queremos, ser como Ele; queremos estar vestidos como Ele, com um corpo físico glorificado e eterno. Isso já é uma vestimenta de jovem, para viver jovem por toda a eternidade; não é uma vestimenta de bebê, mas de jovem, essa é a que Ele tem.

Agora, nós queremos ser como Cristo; e é o mesmo que Ele deseja: é que nós sejamos como Ele; e então vamos compartilhar mais amplamente com Ele em todo o Programa de Deus.

Ser como Cristo, essa é a meta.

E em breve seremos como Ele, isso está coladinho; pois é para o sétimo milênio a ressurreição dos mortos em Cristo e a transformação de nós os que vivemos. E se acrescentarmos ao calendário os anos de atraso que tem pois já estamos nesse sétimo milênio; e se não acrescentarmos ao calendário os anos de atraso que tem, somente faltam dois anos e meio para terminar o sexto milênio e começar o sétimo milênio.

Agora, em que ano do sétimo milênio? Esperemos que os mortos em Cristo ressuscitem, e então saberemos em que ano Deus ia realizar a ressurreição. O que nos corresponde é estarmos preparados.

E agora, Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre, exceto em Seu corpo físico. Jesus Cristo é o mesmo. Portanto, Ele, como abençoou em dispensações e eras passadas ao Seu povo, aos Seus escolhidos de cada tempo, também Ele nos abençoa neste tempo final; porque Jesus Cristo é o mesmo.

E para chegar à juventude eterna física, Ele nos pastoreia, nos alimenta a alma; e chegaremos a ser como nosso irmão mais velho; porque Ele está nos alimentando desde que nascemos, como ovelhinhas no Reino de Deus, e vamos crescendo sendo bem alimentados. O Salmo 23 diz:

“O SENHOR é meu pastor; nada me faltará (diz também).

Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.

Refrigera a minha alma;…”

E que mais diz aí?

“… guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.

Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte (isso é neste planeta Terra, que é um vale de sombra e de morte), não temerei mal algum, porque tu estás comigo;…”

Quem é “tu”? Jesus Cristo, o Anjo do Pacto, o Anjo do Senhor, o qual está com cada um de nós em nosso tempo, como esteve com cada um de Seus filhos em eras passadas. portanto:

“… não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos,…”

Tanto a Mesa espiritual como também a parte física. Sempre nos provê alimento para nosso corpo, como também nos provê principalmente o Alimento para nossa alma, que é a Palavra de Deus para a era e dispensação que nos corresponde viver, como proveu para os escolhidos de Deus nas eras e dispensações passadas. “Porque não somente de pão viverá o homem, mas de toda Palavra que sai da boca de Deus.”

“… unges a minha cabeça com óleo (esse é o batismo do Espírito Santo, o azeite é o Espírito Santo); o meu cálice transborda.

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias de minha vida, e habitarei na casa do Senhor por dias (ou seja, por toda a eternidade).”

E agora, “minha taça está transbordando” com a revelação do Vinho da Sua Palavra; e está nos dando o estímulo que o Vinho dá, aos que o usam. Agora, nos dá o estímulo, o estímulo por meio da revelação da Sua Palavra. E tudo isso faz o Senhor, que é o Jesus do Novo Testamento, porque Ele é nosso Pastor; e Ele nos pastoreia, Jeová, ou seja, Jesus nos pastoreia, ou me pastoreia.

Eu vou com Ele até o fim. E quem mais? Vocês também.

E “quem perseverar até o fim, este será salvo.” Este será adotado, este será transformado; e se partiu, pois será ressuscitado; mas se está vivo, será transformado, e então terá o corpo eterno e terá juventude eterna.

Bom, que Deus os abençoe; e deixo novamente Benjamim, José Benjamim Pérez, para continuar.

Deus os abençoe.

“A JUVENTUDE ETERNA”.

[Revisão dezembro 2021]

Rolar para cima